AtendimentoSegunda-feira à sexta-feira das 08:00hs às 17:00hs.

Universidades de Londrina apoiam projeto CRBM-6 Júnior

29 ago 2019

A nova geração de biomédicos está vivenciando um grande momento em todo país. No próximo dia 3 de setembro iremos completar 40 anos de regulamentação da profissão no Brasil, e isso é motivo para comemorar.

 

Desde 1979, a biomedicina tem contribuído de modo significativo com muitos avanços nas áreas da ciência, educação e saúde, e para marcar esta data tão importante, diversas ações têm sido realizadas pelo Conselho Regional de Biomedicina da 6ª Região (CRBM-6), entre elas, a criação do CRBM-6 Júnior. Este projeto tem como propósito promover a inter-relação entre a associação e os acadêmicos dos cursos de graduação de biomedicina, destacando as atividades e funções abrangidas pela profissão biomédica, de modo a alcançar a efetiva participação e a inserção profissional em prol do desenvolvimento da sociedade.

 

Na última semana de agosto, o projeto foi apresentado na cidade de Londrina, região norte do Paraná, pela Dra. Janaína Naumann, presidente do CRBM-6. Foram entregues materiais de divulgação aos representantes de Instituições de Ensino (IES) londrinenses. Os representantes também receberam o regulamento de criação do CRBM-6 JR e a cartilha do biomédico, que descreve as habilitações de atuação profissional.

 

As IES se demonstraram dispostas a contribuírem com a iniciativa, pois a participação das universidades é fundamental na construção da biomedicina das novas gerações. As reuniões foram acompanhados pelo Dr. Claudemir de Oliveira Origoni e Dra. Taynara de Lacqua Waldrich, delegado e subdelegada do CRBM-6.

 


Temos uma grande demanda de jovens estudantes que buscam ter uma voz ativa dentro do CRBM-6, e o Conselho JR é a melhor oportunidade para que isso aconteça. Contamos com a colaboração dessa geração cheia de energia e criatividade para reforçar o legado que a biomedicina está estabelecendo para as futuras gerações. Fico emocionada ao ver que muitos estudantes estão traçando o mesmo caminho que eu na construção dessa história, comenta Janaína.

 

As ações alusivas aos 40 anos da regulamentação da profissão de biomédico irá continuar em outras cidades do Paraná, em breve visitaremos outros municípios.