AtendimentoSegunda-feira à sexta-feira das 08:00hs às 17:00hs.

DRA. JANAÍNA NAUMANN COMPLETA DOIS ANOS DE SUA POSSE COMO PRESIDENTE DO CRBM6

25 maio 2019

Ao completar dois anos frente ao Conselho Regional de Biomedicina da 6ª Região (CRBM6), Janaína Naumann já acumula conquistas expressivas para a categoria.

A presidente fez uma avaliação dos dois anos de sua gestão, ressaltando que muito foi feito até agora, principalmente quanto ao cumprimento das resoluções que normatizam a área de atuação, ampliação das habilitações profissionais, incentivo a capacitações técnicas, e na fiscalização da conduta profissional de acordo com o código de ética.

 

Para a Dra. Janaína, a criação do CRBM6 representou a conclusão de um longo processo de lutas e de fortalecimento da Biomedicina no Paraná, pois o conselho regional passou a ter destaque de forma efetiva no estado, desde a composição da equipe de trabalho, a implantação das delegacias, até a estrutura física. A presidente destacou que tudo partiu do zero.

 

O Paraná foi o primeiro estado a conquistar independência, com jurisdição própria no país, esse acontecimento descentralizou o conselho, proporcionando o crescimento nacional da profissão.

 

Ao longo desses dois anos, as constantes reivindicações da mudança legislativa para inserção do cargo de biomédico na saúde pública do Paraná tiveram resultado efetivos. A exemplo de Cascavel e Guarapuava, cidades pioneiras na inclusão da profissão de Biomédicos nos quadros do Funcionalismo municipal, graças ao empenho do conselho frente à causa.

 

Uma das mais recentes conquistas dessa gestão está tramitando na Assembléia Legislativa do Paraná. Uma iniciativa que tem o objetivo de alterar a lei 13.666/2002, para inclusão da profissão de Biomédicos nos quadros do Funcionalismo Público estadual.

 

“Quem ganha é a população, pois a biomedicina é essencial nas pesquisas relacionadas à saúde e fundamental no diagnóstico de doenças. Tudo que estamos vivendo hoje é o resultado de uma proposta traçada no passado, por profissionais extremamente capacitados, isso fez com que a biomedicina ganhasse espaço e ampliasse seu lugar no mercado de trabalho.

 

A Dra. Janaína Naumann, destaca-se por ser a primeira mulher no cargo de presidência de um conselho regional de biomedicina, e por ser a única titular feminina no Conselho Federal de Biomedicina. “Já estava na hora de uma representação feminina, pois somos a grande maioria na profissão”, afirma.

 

A trajetória a partir de agora é ainda maior, pois os projetos propostos pela presidente estão crescendo cada vez mais. Para Janaína, a união da classe biomédica é muito importante nesse momento. O desenvolvimento da carreira biomédica tem avançado e se desenvolvido bastante, mas ainda há muito que conquistar.

 

Relembrando uma frase do discurso de posse, a presidente finalizou: “A nossa profissão é o que nos move nessa luta constante pelo reconhecimento da classe. Saudações Biomédicas!”.